CJE-SE se prepara para a Semana Global do Empreendedorismo

Evento acontecerá durante o mês de novembro

Por: Assessoria de Comunicação

Toda sociedade pode se desenvolver através da causa empreendedora. Esta é a essência da Semana Global do Empreendedorismo (SGE). Com o objetivo de promover a SGE como um motor de desenvolvimento e transformação o Conselho de Jovens Empreendedores (CJE) da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), se prepara para iniciar o maior movimento de empreendedorismo do mundo no Estado que acontecerá de 17 a 23 de novembro.

O evento provocará discussões sobre temas estratégicos para fomentar o movimento e melhorar o ambiente dos negócios no Brasil. Através de 25 parceiros, o CJE realizou mais de 100 ações envolvendo aproximadamente oito mil pessoas. Diante do saldo, o Estado se destacou como revelação, figurando entre os 10 estados mais ativos do evento. Em vista de superar o resultado de 2013, o CJE busca novas alianças.

De acordo com o coordenador da SGE em Sergipe, Felipe Baptista, o objetivo do Conselho é manter o foco no planejamento para adquirir preparo e atingir o próximo nível. “Nossa meta é angariar o maior número de parceiros para a causa. Para isso, convidamos os empresários, representantes de municípios, profissionais liberais, dirigentes de classes e demais interessados”, observa.

O organizador informa que pretende atingir a marca de 300 ações realizadas com mais de 100 parceiros e 30 mil pessoas envolvidas, ou seja, o aumento de 217%  em relação ao ano anterior. Toda e qualquer atividade pode ser pode fazer parte do SGE, desde que ligadas aos objetivos do evento. De palestras a workshops, de iniciativas para o público interno a iniciativas para todos os públicos.

Além dos números, a SGE em Sergipe conquistou destaque pelo desempenho.  O evento foi bem avaliado pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje). Devido ao resultado, Felipe Batista foi escolhido para coordenar a SGE Nacional junto à Conaje.

                                                                                                                                                                                                     A principal característica da ação é convidar pessoas e organizações envolvidas com o empreendedorismo. Elas contribuem com a criação de atividades sobre o tema. “Empreender não tem idade, por isso, a semana oferece atividades diversas para públicos diferenciados a exemplo de feiras, exposições, workshops, desafios, gincanas, entre outras”, destaca o coordenador.

 

Parcerias

Tornar-se parceiro da SGE significa comunicar ao mundo o apoio da sua instituição à causa empreendedora, e desta forma contribuir para o crescimento da consciência em relação ao empreendedorismo como forma de transformar vidas em Sergipe. Além disso, conta com o suporte do CJE para que a instituição receba a visibilidade através das estratégias de comunicação da SGE. "A marca será apoiadora de um evento mundial e agente de desenvolvimento social e econômico", pontua Felipe.

Os interessados devem solicitar uma ficha de atividades, através do e-mail sge2014@cje-aju.org.br ou contato telefônico (79) 3205-9767 e preenchê-la. Após o contato, enviar a ficha e a logomarca para que seja feita a divulgação da participação no movimento. Durante as atividades, os dados dos participantes devem ser coletados, além do registro de fotos.

A ação de 2014 já conta com institutos aliados como a Endeavor, Androtec, Sebrae, Anjos do Brasil, Junior Achievement, Ashoka, Atermisa e a AliançaEmpreendedora, no entanto busca mais parceiros, a exemplo de órgãos públicos, instituições de ensino, ONGs, fundações, institutos, aceleradoras e incubadoras, organizações estudantis e entusiastas interessado no assunto.

 

Semana Global

 A Semana Global do Empreendedorismo (SGE) é um movimento mundial que busca fortalecer a cultura empreendedora conectando, capacitando e inspirando as pessoas a empreender. Sempre no mês de novembro, o evento com diversas atividades realizadas em mais de 150 países, milhares de organizações e milhões de pessoas.

 No Brasil a organização anfitriã é o Instituto Empreender Endeavor. Desde 2008 o Instituto auxilia na coordenação dos demais parceiros e na realização de todo o suporte necessário para a viabilização da SGE no País. Além disso, conta com mais oito organizações-chave, que juntas formam o Conselho Nacional.

 As finalidades do movimento são concentradas em um tripé: capacitar, inspirar e conectar. Na capacitação, os participantes são auxiliados por meio de oportunidades de capacitação onde crença se define na possibilidade de realização.  No primeiro atributo, ferramentas são oferecidas para que a pessoa supere obstáculos e realize sonhos.

 A inspiração se concentra nas histórias e lições de empreendedores. Através dela, acredita-se que a maior fonte de inspiração resulta em causas maiores e melhores. Já a conexão consiste em interligar pessoas que fomentem mudanças e um ambiente empreendedor no Brasil e no mundo. Seu lema se baseia na conexão do sonho de um mundo melhor à realidade.

 No Brasil alguns empresários de sucesso apoiam a causa como: Luiza Helena Trajano, empresária e presidente do Magazine Luiza, Luiz Seabra, fundador da Natura, Oscar Metsavaht, criador da marca Osklen, entre outros.  Internacionalmente o movimento tem o apoio do presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, da secretária de Estado americana, Hillary Clinton e do príncipe Charles.